Início Notícias Coronavírus: Sindsep cobra segurança para profissionais da saúde

Coronavírus: Sindsep cobra segurança para profissionais da saúde

O Sindsep enviou, por e-mail, neste sábado (21/3), um ofício direcionado ao Secretário da Saúde de Caucaia, Dr. Moacir Soares. O documento cobra medidas de condições mínimas para que os profissionais de saúde do município possam trabalhar no enfrentamento do grave quadro de pandemia, causado pelo COVID-19 (coronavírus).

Exigimos que os servidores que estão na linha de frente, cuidando da saúde do povo caucaiense, sejam preservados. Os hospitais municipais ainda não possuem um esquema de segurança para resguardar os profissionais que atuam nas unidades”, destaca a presidenta do Sindsep, Maria Santos.

Dentre as reivindicações do sindicato, estão: o fornecimento de Equipamento de Proteção Individual (EPI), como luvas, máscaras e álcool gel, para que os profissionais; elaboração de escalas de trabalho que cumpram com a jornada legal, efetuando o devido pagamento de hora extra, quando necessário; garantia de higienização dos ambientes de trabalho; liberação dos profissionais que se encontram em grupo de risco, sem prejuízo de sua remuneração; garantia de pagamento de insalubridade aos profissionais expostos ao vírus.

As reivindicações são em nome de todos os servidores que lidam com a saúde pública de Caucaia. “Nós, agentes de endemias, não tivemos direito a uma máscara ou álcool gel até o momento. Temos que ir trabalhar e não fomos sequer informados de nada. Até o momento, nosso serviço é de casa em casa, se formos contaminados, contaminamos cerca de 23 famílias, além de nossos familiares. E aí? Como é contraditório a quarentena”, denuncia profissional que segue trabalhando.

Até a publicação desta matéria, não obtivemos nenhuma resposta da Secretaria de Saúde de Caucaia, quanto ao ofício enviado. Caso a gestão não atenda as reivindicações, o Sindsep entrará com uma ação judicial no intuito de garantir a segurança dos profissionais de saúde.

O sindicato segue atendendo as demandas dos servidores municipais online, por meio do telefone/whatsapp (85) 9.8892-7994. Neste cenário atual, o Sindsep está na luta para que os servidores municipais não sejam prejudicados de forma nenhuma.

  • Confira na íntegra o ofício enviado ao secretário de Saúde de Caucaia, Dr. Moacir Soares:
OFÍCIO 29.2020 - SEC. SAÚDE