Início Notícias Sindsep participa de reunião sobre progressão e reposição dos dias de greve

Sindsep participa de reunião sobre progressão e reposição dos dias de greve

Ontem (09/04), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caucaia (Sindsep) esteve na Secretaria Municipal de Educação, como parte da Comissão de Gestão de Carreira, para debater os encaminhamentos sobre a progressão horizontal dos servidores do magistério e dos profissionais de assistência à educação.

Após o discussão sobre a situação das progressões atrasadas há três ciclos, a secretária de educação, Camila Bezerra, informou que a proposta da secretaria é de pagar os três ciclos atrasados, pedindo a compreensão dos docentes, pois, é necessário alterar o decreto que regula a progressão.

O sindicato questionou sobre como seria este encaminhamento e, segundo a gestão, seria aberto um único processo para garantir todos os ciclos a ser implantados nos seguintes períodos: 1º ciclo, em agosto; o 2º ciclo, em novembro e o 3º, em fevereiro de 2020. Camila Bezerra afirmou ainda que esta proposta deverá ser apresentada à Secretaria de Finanças, para então ser firmada de forma definitiva.

A entidade sindical requereu também mais informações a respeito, tendo sido agendada uma reunião para o dia 17 de abril, quando será feita a discussão sobre o decreto, já com as alterações propostas. “Continuaremos com o debate e acompanhamento para avançar no processo e assegurar o direito da categoria. Compreendemos que a progressão deve ser destravada e assim cumprir o que está na legislação e fortalecer a carreira docente”, afirma Maria Santos, presidenta do Sindsep.

Na ocasião, houve, por fim, espaço para o sobre as questões relativas à recuperação das faltas da greve e sobre as denúncias de que os trabalhadores de apoio, professores readaptados e professores temporários, teriam os dias da greve descontados dos seus proventos. A entidade defendeu que isso representaria uma forma de perseguição e que divergiria do último debate que teve com a SME, quando os representantes da pasta teriam afirmado que negociariam com a entidade laboral tanto o calendário de reposição, quanto a situação dos trabalhadores.

A Secretária concordou em não encaminhar as faltas da greve e que todos os trabalhadores terão direito à reposição. No ensejo, também foi debatido a questão do calendário, sendo que o Sindsep se prontificou a encaminhar uma proposta para a gestão que contemple os anseios e condições da categoria, bem como a realidade das escolas de Caucaia. A decisão é de que o sindicato acompanhará o processo em diálogo com os seus representados.